Natasha Gouveia Studzinski
CRP – 08/16.672

O ser humano está em constante movimento, ou seja, ele se modifica e se constrói a todo o momento. Isto se dá a partir de suas escolhas e pela interação com as outras pessoas.

O momento de escolher a futura profissão nada mais é do que uma construção de um projeto de vida, que norteará outras futuras escolhas. Atualmente esta escolha está cada vez mais difícil de ser realizada, seja pela diversidade de cursos ofertados, seja pelo fato deste momento coincidir com a fase de desenvolvimento da descoberta da identidade.

A adolescência é um período de transição, onde o indivíduo não é mais visto como uma criança, devendo se inserir no mundo adulto. Esse momento é, muitas vezes, angustiante e conturbado para ele, pois ainda está se definindo em termos político, religioso, sexual e profissional. É nesse contexto que ele é levado a fazer uma escolha acerca de sua futura profissão, o que muitas vezes acaba fazendo de forma precipitada e/ou equivocada.

No entanto,deve-se entender que este é um passo muito importante na vida do jovem, pois é quando ele assume, diante dessas inúmeras possibilidades, a escolha do seu projeto de vida. Esta escolha, portanto, deve ser feita com responsabilidade, para evitar correr o risco de se sentir frustrado profissionalmente.

Assim, a Orientação Profissional busca auxiliar o adolescente no momento desta escolha, clarificando o seu momento de vida (no âmbito pessoal, familiar e social) e buscando o autoconhecimento para que ele consiga fazer a escolha mais adequada ao seu perfil, dentro de um projeto de vida.

O trabalho de Orientação Profissional é realizado de duas formas. A primeira se dá através do trabalho em grupo, onde o adolescente tem a possibilidade de compartilhar suas angústias, medos, dúvidas e idealizações com pessoas que estão passando pelo mesmo processo de escolha. No decorrer dos encontros, são trabalhados conflitos, estereótipos e preconceitos com relação à escolha profissional, para que seja possível haver uma superação dos mesmos e a construção do autoconhecimento através da interação com o outro. Também são criadas condições para que eles organizem o seu projeto de vida de maneira mais adequada.

A Orientação Profissional também pode ser realizada de forma individual, onde, apesar de não contemplar a riqueza das discussões em grupo, se torna mais personalizada, sem que haja prejuízo em relação ao processo como um todo.

A Orientação Profissional oferece ao adolescente, condições para que ele escolha, com responsabilidade, o melhor caminho possível naquele momento. Vale lembrar que mais importante que a escolha propriamente dita, é aprender a fazer escolhas autênticas e responsáveis, em cada momento de nossas vidas.